Colonizada por imigrantes italianos e, em menor número, por poloneses, alemães, africanos, portugueses e árabes, Criciúma é a maior cidade da região Sul catarinense (pouco mais de 200.000 habitantes). Distante cerca de 200 km da capital Florianópolis, sua economia cresceu em torno da exploração do carvão, da indústria cerâmica e mais recentemente é forte na

Compartilhe:

    Bom Jardim da Serra é rica em beleza cênica, com cachoeiras, infinitos pomares de macieiras, imponentes araucárias, estradas bucólicas e os mais maravilhosos cânions catarinenses. Dentre eles, o Cânion do Funil. Para chegar até ele, uma dica é subir ou descer a sinuosa rodovia SC-390 que, ao longo de seus 12 km de

Compartilhe:

Bom, vamos lá, sobre o Morro do Campestre – Urubici / SC… O município de Urubici é um dos principais destinos da Serra Catarinense para quem gosta do frio, paisagens exuberantes e turismo de aventura. A cidade possui um relevo muito diversificado, cheio de montanhas, cachoeiras e rios, ideal para a prática de esportes como

Compartilhe:

Voar de balão é uma daquelas atividades que precisam estar na lista de coisas para se fazer antes de morrer. E, ao pensar em realizar esse sonho, logo nos vem à mente a Capadócia, um destino clássico para apreciar as belas paisagens em contraste com os coloridos balões no céu.Mas não é preciso ir tão

Compartilhe:

O que é TREKKING e HIKING? Olá pessoal! De maneira bem didática iremos começar uma série de postagens sobre o trekking: o que é, quais tipos que existem, como começar, quais equipamentos, etc… Embarque com a gente nessa aventura e programe-se para vir junto com a gente na próxima atividade! O que é o trekking?

Compartilhe:

Ter um pouco mais de atenção no momento da compra pode ser decisivo para uma trilha mais divertida e segura. Veja 6 dicas para escolher um calçado para trilha a seguir: 1. Entenda qual é o tipo de percurso Você não precisa comprar uma bota para cada tipo de trilha. Contudo, as botas usadas para subir montanhas não

Compartilhe:

#1 Pesquise antes sobre a trilha que deseja fazer. Se for a sua primeira trilha, é bom que tenha grau de dificuldade leve. Se não se sentir seguro, vale a pena contratar um guia. #2 Leve somente o necessário na sua mochila. Lembre-se que a mochila vai ficando mais “pesada” na medida que caminhamos. #3 Para não correr o

Compartilhe: