A famosa trilha do Rio do Boi acontece dentro do Cânion Itaimbezinho, entre as gigantes paredes que podem chegar até 720m de altura. É uma das trilhas de ecoturismo mais singulares e impressionantes do país. Sua reserva é mediante agendamento e pagamento prévio, para garantir vaga no parque no dia solicitado.

O trajeto é de cerca de 16km no total, com duração média de 7h a 8h.
Durante a caminhada atravessa-se o rio algumas vez (dependendo do volume de água do rio, a altura da água pode passar do joelho) e o trajeto é feito pelas pedras secas do rio e por mata fechada acompanhando o rio. Em dias de cheia a trilha pode ser cancelada.

Durante o trajeto é possível aproveitar banhos em piscinas de águas cristalinas, tobogãs naturais e cachoeiras.

Destaque também para a fauna e flora de uma das regiões mais preservadas do Parque Nacional Aparados da Serra.

Esta trilha fica dentro da área do Parque Nacional Aparados da Serra, que está aberto de Terça a Domingo.

 

Importante: Menores de 18 anos somente acompanhado pelos pais/responsáveis. Menores de 14 anos, não poderão realizar a trilha.

Por se tratar de atividade na natureza, há risco de animais peçonhentos, portanto o uso de equipamentos de segurança, se orientação do condutor, é obrigatório.

Cancelamentos seguem as regras descritas aqui: https://soultrip.com.br/politica-de-cancelamento/

Ao efetuar a inscrição você esta cedendo direito de imagem para eventuais divulgações em mídias sociais.

A permissão e os cuidados necessários para a realização das atividades constam nas SES Nº 258 de 21 de abril de 2020 e  Portaria SES nº 275/2020 e decreto Nº 630, de 1º junho de 2020

Enquanto perdurar a situação do COVID 19, as trilhas poderão ser postergadas.

Uso de máscaras é obrigatório.

Permita-se! Saia da rotina!

 

Compartilhe:
1

7:30h: Encontro

Encontro no local previamente combinado.
2

8:00h: Chegada

Chegada no local da atividade. Início das instruções.
3

8:15h: Início da trilha

Inicia-se a atividade.
4

17:00h: Retorno

Fim da atividade
Compartilhe:

Comentários sobre o destino

Não há comentários ainda.

Deixe um comentário